terça-feira, 29 de março de 2011

Voar de Parapente...

Sabe pessoal, muitos me questionam sobre a segurança do Vôo Livre, e a minha resposta é sempre a mesma: Você pratica que tipo de esporte? Futebol? Surf? Ciclismo? Kart? Moto? etc...? Bem, qualquer esporte que o exponha a contatos, velocidade, água, ar, tem sim seu grau de risco inerente ao esporte, e no vôo livre, como esporte aviatório, além de ter uma boa base de instrução, temos que obrigatoriamente conhecer o que nos cerca: o céu e suas nuances. Isto já nos leva a minimizar em muito os riscos, pois jamais poderemos ser superiores a natureza. O piloto que possui conhecimento básico em meteorologia, sabe se aquele dia, naquele momento sua decolagem será boa e seu vôo seguro e prazeroso. Temos que ter em mente uma coisa: decolar é opcional, mas pousar e pousar bem é obrigatório e isso nos leva a ter que, no mínimo, saber avaliar as condições de tempo naquele momento. Sabemos também, que o nosso equipamento é feito de nylon e linhas. Quando inflado, se transforma em uma asa e esta asa quando sofre efeitos turbulentos do ar em que estamos deslizando pode sofrer perda de pressão e provocar o que nós chamamos de fechamentos. O que fazer para que isto não aconteça? Saber reconhecer um dia instável ou locais instáveis. Esta é só uma pequena dica. VOAR é muito mais.

domingo, 20 de março de 2011

Domingão no Morro da diabo

Bem...bem.... um domingão prá lá de legal. Tudo nos conformes: vento na direção e intensidade que a gente sempre quer. Muitas decolagens e vôos super tranquilos e sustentados. Vários duplos, inclusive com nossa profe de Italiano que curtiu de montão e seu maridão registrando tudo. Muita gente na rampa apreciando as decolagens e sentindo muitas vezes aquele friozinho na barriga, quando os pilotos tiravam o pé do chão. Enfim, quem não compareceu, perdeu um dia clássico com vôos até perto do anoitecer.... foi um dos melhores términos do verão e que particularmente, achei sensacional... que venha o outono. Valeu. Lupa

quarta-feira, 16 de março de 2011

Novidades...Chile....

Já está tudo pronto para zarparmos ao Chile. Serão 22 pessoas que irão curtir Santiago/Vina del Mar/Valparaíso/ Maitencilio e IQUIQUE. Nosso embarque está programado para o dia 15 de Abril, com retorno no dia 25. Mais uma viagem com a chancela Sky Company, que com certeza será muito legal. Todos estão anciosos para que chegue logo este dia.... O Beto já encomendou seu S4, aliás uma vela que está dando alegrias a muita gente, e será o primeiro do Vale dos Ventos.
No domingo passado, apesar daquelas nuvens todas, o dia ficou maravilhoso com belíssimos vôos. Quem não foi, com certeza perdeu um belo dia de diversão garantida.

terça-feira, 8 de março de 2011

Termal na plantação

Olha uma termal nascendo no chão.....fantástico. Dá para imaginar a gente enrroscando. Muito legal. Confiram. Lupa

http://www.youtube.com/watch?v=AxRT60-kw78

Domingão...

Realmente o domingo foi muito bom. Desde manhã o sudeste começou a definir o dia e as primeiras velas ganharam os ares. Ao meio dia, a bifeteira começou a funcionar e o cheirinho de carne assada atraiu o pessoal para um almoço bem legal... famílias e voadores juntos confraternizando. Logo após, o céu começou a ficar colorido e até as 17 horas, quando o vento apertou, é que paramos de voar... valeu muito a pena. Perdeu quem não foi, mas teremos outros dias, tão bom quanto este.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Aula amanhã....

Bem pessoal...amanhã o dia está prometendo. Vamos aos morrotes e domingo, todo mundo para a rampa... até. Lupa

quinta-feira, 3 de março de 2011

Apoio irrestrito...

Todo trabalho foi acompanhado pela família e no início, as duas filhas, Giancarla e Luísa, bem como a esposa Serli, entraram com tudo para ajudar e hoje a Serli também é instrutora e juntos, trabalhamos na formação dos alunos. Este apoio foi fundamental para a consolidação da Escola e creio também que isto foi crucial para que a gente esteja a vinte anos no vôo...

Como tudo começou

Desde criança, como muitos, tinha uma vontade imensa de descobrir os segredos dos ares. Iniciei com a montagem de pequenos planadores, aviões com motores ainda com partida com o ¨dedo¨ e cabos de aço onde a gente ficava girando e vendo voar até terminar o combustível. Muito diferente de hoje que é tudo com cotrole remoto, e até pequenos jatos rasgam os céus dos aficcionados em aeromodelismo. Em meados de 1978 entrei em uma Escola de Aviação e concluí meu Brevet com a séria intenção de pilotar aviões comerciais, mas a vida da gente da umas guinadas e muita coisa mudou, menos a minha vontade de voar. Então iniciei um curso de Paraquedas no Clube de Paraquedismo de Caxias do Sul e daí para o início ao Parapente foi um pulo...e isso foi em 1991. Em seguida (1994) surgiu a Sky Company Escola de Parapente e de lá até hoje, colocamos centenas de novos pilotos nos ares do Brasil para poderem curtir esta coisa maravilhosa que é o ato de Voar Livre. Nosso foco maior é realizar o curso para que o Piloto tenha um novo lazer, com o máximo de segurança e prazer...seja bem-vindo a desbravar as camadas mais altas do céu. Com a Sky Company é possível.